Av. Nossa Sra. de Copacabana, 928 / Gr. 602, Rio de Janeiro - RJ | (21) 2545-2599 | (21) 98436-0314 | REDES SOCIAIS E APLICATIVOS

Dicas importantes

Regras de bagagem da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC)

Bagagem despachada

A partir de agora, as companhias aéreas estão autorizadas a cobrar pela bagagem despachada e não serão mais obrigadas a oferecer a franquia de uma bagagem de 23 kg para voos nacionais e de dois volumes com até 32 kg para voos internacionais.

Dessa forma, as companhias poderão cobrar para despachar suas malas, com uma taxa extra, como se fosse a taxa de embarque. As empresas terão autonomia para definir como será feita a cobrança e se ela será realmente feita.

Qual o peso da bagagem despachada para voo nacional?

Em voos nacionais, é permitido que a bagagem despachada pese até 23 kg (podendo ser cobrada, dependendo da companhia aérea e da tarifa escolhida).

Qual o peso da bagagem despachada para voo internacional?

Em voos internacionais, as normas da ANAC aplicam-se aos voos que saem do Brasil. Com as novas regras da ANAC, cada empresa pode escolher o peso que permite por bagagem despachada em voo internacional. Entre em contato diretamente com a sua companhia aérea.

Confira as informações sobre bagagem diretamente com a sua companhia aérea e evite problemas na hora do embarque.

Franquia de bagagem de mão

A bagagem de mão teve o seu peso alterado de 5 kg e para 10 kg. Esta regra vale tanto para voos internacionais quanto para voos domésticos. As medidas variam conforme as regras de cada companhia aérea.

O passageiro passou a ter direito a 1 mala de mão de até 10 kg com valor incluso no preço final da passagem aérea. Dependendo da classe do voo, da linha aérea e de companhias internacionais, o peso pode ser maior ou menor.

Bagagem de mão é aquela que pode ser levada junto ao passageiro durante a viagem. As dimensões da mala que você pode levar dentro do avião variam de acordo com a linha aérea, mas no geral o tamanho máximo é de 115 cm lineares (incluindo rodas, bolsos e alças).

Salvo crianças de até dois anos pagando 10% da tarifa, qualquer passageiro tem direito a levar uma bagagem de mão, de acordo com as exigências relatadas acima.

O que pode levar dentro do avião como bagagem de mão?

  • Bolsa de mão ou maleta;
  • Peças que possam ser guardadas embaixo do banco de passageiros ou compartimento da aeronave;
  • Sobretudo, mantas ou cobertores;
  • Guarda-chuvas ou bengalas (não pontiagudos);
  • Material de leitura para viagem em quantidade razoável.
  • Cosméticos sólidos (batom, protetor labial, desodorante e etc);
  • Mamadeiras e alimentos infantis industrializados – apenas com a quantidade necessária e suficiente para a duração do voo;
  • Medicamentos essenciais, acompanhados de prescrição médica com nome do passageiro;
  • Medicamentos que não necessitam prescrição médica podem ser carregados na bagagem de mão desde que tenham até 100 ml;
  • Itens pessoais, como documentos, carteira e outros acessórios pequenos (óculos, jóias, cintos, entre outros);
  • Aparelhos eletrônicos de uso pessoal – celular, notebooks, câmeras fotográficas, tablets e afins.

Passageiros com necessidades especiais: aqueles que possuem cadeira de rodas completamente desmontável tem direito a levar o item como bagagem de mão, mas o mesmo é transportado no porão.

Transporte de líquidos na bagagem de mão para vôos internacionais.

O transporte de substâncias líquidas na bagagem de mão prevê que o transporte de gel, pasta, creme, aerosol e similares, com frascos de até 100ml, deverão ser colocados em envelope plástico transparente, vedado, com capacidade total máxima de 1 litro e não excedendo a dimensão de 20X20 cm.

Cada passageiro terá direito a embarcar com 1 envelope plástico somente. As companhias aéreas aéreas não fornecem esta embalagem.

Líquidos em frascos acima de 100ml não poderão ser transportados na bagagem de mão, mesmo se o frasco estiver parcialmente cheio.

Produtos adquiridos em free shop ou a bordo de aeronaves podem exceder o limite estipulado acima, desde que dispostos em embalagens plásticas seladas e com o recibo de compra à mostra, comprovando com a data do bilhete aéreo.

Estão liberados para transporte: remédios com a devida prescrição médica, alimentação de bebês e líquidos de dietas especiais, na quantidade necessária a serem utilizados no período total de vôo, incluindo eventuais escalas, devendo ser apresentados no momento da inspeção.

Para facilitar as inspeções de segurança no equipamento de Raio-X, as embalagens plásticas contendo os frascos com líquidos devem ser apresentadas separadamente da bagagem de mão do passageiro, bem como dos paletós, jaquetas e laptops.

O que não pode ser levado na bagagem de mão?

  • Objetos cortantes ou perfurantes, tais como canivetes, tesouras de unha e demais itens pontiagudos. Estes devem ser carregados na bagagem despachada;
  • Líquidos, géis ou substâncias pastosas devem ser carregadas em uma embalagem plástica de até um litro, sendo que cada frasco não pode exceder o total de 100 ml;
  • Alimentos para bebês ou líquidos especiais podem ser carregados apenas na quantidade correta para consumo durante o voo.

Bagagem especial

Existem ainda os itens que são transportados como bagagem especial. Estes itens não podem exceder o peso máximo da franquia de bagagem das companhias aéreas, caso contrário, será necessário pagar pelo excesso de bagagem.

São consideradas como bagagem especial as seguintes peças:

  • Vara de pescar;
  • Prancha de surf (por unidade);
  • Bicicleta (por unidade);
  • Esqui ou snowboard (por unidade);
  • Arco e flecha;
  • Kite surf (por unidade);
  • Tacos de golfe, bastões de esqui, hóquei no gelo, de marcha;
  • Patinete, skate e afins.